NOTÍCIAS

Com 5,6 mil casos confirmados de dengue, Ribeirão Preto supera saldo de 2018 em 30 vezes

Dados divulgados nesta segunda-feira (3) pela Secretaria Municipal de Saúde mostram que, em cinco meses, Ribeirão Preto (SP) teve 5.655 casos confirmados de dengue.
 
O total de janeiro a maio é 30 vezes maior do que o computado no mesmo período do ano passado, com 187, e supera as parciais de cinco dos dez anos anteriores considerados epidêmicos no município.
 
O balanço é mais elevado se comparado aos casos confirmados em 2001, 2007, 2008, 2009 e 2015, com saldos entre 903 e 2.835, mas abaixo de períodos como 2016, com 34,8 mil pacientes infectados em cinco meses, e 2010, com 28,2 mil.
 
Em nota, a Prefeitura informou que tem realizado ações diárias contra os focos do mosquito Aedes aegypti, entre campanhas de conscientização de moradores e nebulização de domicílios.
 
"Os números estão dentro dos parâmetros aceitáveis, se comparados às demais cidades do Estado", comunicou a administração municipal.
 
Apesar da alta em 2019, os registros da doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti obtidos em maio apresentam recuo em relação a abril.
 
No mês passado, 1.259 pessoas foram diagnosticadas com a doença, 37,9% a menos do que no período anterior, com 2.030 ocorrências.
 
Os mais de 5,6 mil casos confirmados da doença, entre as quais duas mortes confirmadas em abril, correspondem a um terço do total de suspeitas, que este ano chegam a 16,7 mil.
 
As zonas leste e norte são que mais concentram confirmações, respectivamente com 1.717 e 1.324 registros. As regiões oeste (1.015), central (961) e sul (548) aparecem na sequência.

Vice não teme investigação e admite pretensão política para 2020

O vice-prefeito Vagner Chiapetti revelou que não teme investigações que apuram a fraude no sistema financeiro da prefeitura. Ele declarou desconhecer o esquema e que foi pego de surpresa quando a adulteração nas folhas de pagamento foi descoberta. “Não temo de maneira alguma, tenho a vida aberta e não tenho medo de investigações, estou dispos to a colaborar”, observou. Duas ex-servidoras ligadas ao seu gabinete foram demitidas da prefeitura e estiveram presas após o Gaeco deflagrar a Operação Partilha. “Nunca desconfiei do esquema fraudulento, fomos todos pegos de surpresa e o prefeito tomou todas as atitudes assim que descobriu”, ressaltou. Vagner Chiapetti defendeu o fato de ter ligação com pessoas apontadas no esquema.“Se pensarmos que são mais de 100 pessoas envolvidas na fraude é natural que tenham servidores próximos a mim, muitos que estão sob investigação foram meus coordenadores e chefes”, disse. “Alguns foram envolvidos de forma inocente, acredito que a justiça será feita caso a caso e não podemos colocar todos no mesmo julgo”, acrescentou.
 
CPI: O vice-prefeito não compareceu à CPI dos Holerites para prestar esclarecimentos como testemunha. Sobre isso, informou que estava trabalhando em ambulatório que atende pacientes regionais. “Solicitei por ofício para transferir o depoimento, os pacientes precisavam ser previamente avisados porque estavam na fila para atendimento mui to tempo, não se pode simplesmente desmarcar. Fora isso sempre estive disponível”, argumento.

Fundo Social inicia a Campanha do Agasalho 2019 em Colina

A Presidente do Fundo Social de Solidariedade de Colina, Profª. Liliana Jorge Drubi Taha realizou a abertura oficial da Campanha do Agasalho 2019 em Colina. A reunião de lançamento ocorreu na quarta-feira, dia 29 de maio, no Centro de Educação Complementar “Antônio Hideo Ikuma” (Super-Center).
 
As doações podem ser feitas nos postos de recolhimento, instalados em locais de grande fluxo de pessoas, como por exemplo, em todos os prédios públicos municipais (incluindo escolas e postos de saúde) e em diversos pontos do comércio local.
 
A Campanha do Agasalho edição 2019 tem como tema “Nosso superpoder contra o frio é um agasalho novo”, trazendo como protagonistas os personagens Ben10 e As Meninas Superpoderosas, do Cartoon Network, que terão uma grande missão: engajar a sociedade para promover um inverno mais solidário.
 
As famílias colinenses que necessitam receber as doações devem cadastrar-se novamente. Os cadastros dos anos anteriores não serão válidos porque a montagem dos kits de roupas é bastante detalhada e os dados da família devem estar atualizados.
 
O cadastramento deve ser efetuado na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, situada na Rua Dr. Moacyr Vizzotto, nº 14, com atendimento de segunda à sexta-feira, das 8h30 às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones: (17) 3341-3933 e (17) 3341-1126.
 
A Presidente do Fundo colinense, Profª. Liliana Taha reforçou a necessidade de peças em bom estado, para que outras pessoas tenham condições de utilizá-la e informou que durante a arrecadação, são aceitas peças de inverno e verão.
 
“Porém, é muito importante destacar que nossa maior necessidade são roupas de inverno masculinas e femininas (adulto e infantil), como por exemplo: cobertores, conjuntos de moletons, paletós, camisas e blusas de manga longa. Contamos com a solidariedade de toda a comunidade colinense para que possamos ajudar as famílias necessitadas neste inverno. Esta é uma Campanha muito importante e tenho certeza que será bem sucedida”, finalizou.

Os Mulekes da Dirce e Ninho do Azulão empatam e se garantem no G4

O grande clássico da rodada do futsal terminou sem um vencedor. Os Mulekes da Dirce e Ninho do Azulão fizeram o último jogo da noite de ontem do futsal e empataram em 3 a 3.
 
Mas o resultado acabou sendo bom para ambos, pois os dois times, com este resultado, se garantiram matematicamente entre os quatro melhores da classificação, tendo assim ambos a vantagem do empate nas quartas de final.
 
Isso se tornou possível graças a derrota do Amigos do Xibil para o D3 Futsal, por 4 a 2. O D3, aliás, com este resultado entra na briga pela classificação.
 
A equipe chegou aos sete pontos, um atrás do Galácticos, o oitavo colocado, com quem fará confronto direto na última rodada.
 
A Vila Cunha teve vida fácil jogando contra o lanterna Vikings. Sem maiores problemas, a Vila fez 11 a 2.
 
Ontem também teve o complemento do jogo entre Nike 10 e CDHU I, que havia sido interrompido há duas semanas por causa de uma confusão.
 
A partida foi reiniciada aos 17 minutos do primeiro tempo com o placar parcial de 1 a 0 para o Nike 10. Mas o CDHU I deu a volta por cima e venceu por 6 a 3.
 
A nona rodada se encerra amanhã com os seguintes jogos: 19h – Pedreira x Nova Juventude; 20h – AC 1 x Nike 10, 21h – Galácticos FC x CDHU I.

Futsal: Ninho do Azulão goleia o CDHU I

A rodada do Campeonato Municipal de Futsal proporcionou uma grande surpresa. No clássico entre Ninho do Azulão e CDHU I, onde se esperava equilíbrio, uma goleada foi registrada. O Ninho fez 11 a 4 e este resultado surpreendeu pela diferença de gols entre duas equipes fortes e que ocupam as primeiras posições no campenonato.
 
O CDHU I, atual campeão, sofre a sua primeira derrota na competição e agora Ninho do Azulão e Os Mulekes da Dirce são os únicos invictos.
 
O Amigos do Xibil venceu por 5 a 3 o Galácticos FC e voltou a figurar no G8. Em partida acirrada contra o Nova Juventude, o Nike 10 fez 3 a 2.
 
A sexta rodada começa hoje com as seguintes partidas: 19h – Pedreira x Vila Cunha; 20h – AC 1 x Juventude e às 21h – CDHU I x Nike 10.
 
 
Classificação: 1º - Os Mulekes da Dirce (15 ptos), 2º - Ninho do Azulão (12 ptos), 3º - AC 1 (12 ptos, SG17), 4º - CDHU I (12 ptos, SG14), 5º - Nike 10 (9 ptos), 6º - Amigos do Xibll (7 ptos), 7º - Galácticos (7 ptos) – Amigos do Xibil com vantagem no confronto direto – 8º - Pedreira (6 ptos), 9º - Vila Cunha (5ptos), 10º - Nova Juventude (0 pto, SG-12), 11º - D3 Futsal (0 pto, SG-21), 12º - Vikings (0 ptos, SG-33).

Veterano: Com goleada Pedreira garante classificação para a semifinal; Estrelas vence e assume a vice-liderança

A Pedreira encarou o Veteranos da Vila Guarnieri no campo do Jardim Primavera e precisou de apenas trinta e três segundos de bola rolando para abrir o placar. Leandrinho arriscou de longe e acertou o canto do goleiro Balottelli, que até pulou, mas não conseguiu impedir o gol.
 
O gol deu para a Pedreira o total controle do jogo e tendo um time muito superior ao adversário, a alvirrubra não tomou nenhum susto e marcou mais duas vezes. Aos 23 minutos, Léo também arriscou um chute de fora e assim como Leandrinho, acertou o canto de Balotteli, com a diferença que ele acertou o direito e o companheiro o esquerdo.
 
Aos 30 minutos Léo invadiu a área e foi derrubado por Piu, que deu um carrinho desnecessário. Na cobrança Marquinho fez o terceiro.
 
Quatro minutos depois o Veteranos da Vila Guarnieri ameaçou uma reação com Marco Aurélio. O jogador entrou na área pelo lado esquerdo e bateu forte, a bola tocou a trave e entrou, sem chances para Alemão.
 
Mas três minutos depois Goiaba tratou de fazer o quarto e parou qualquer ameaça que a Pedreira poderia ter na partida.
 
No segundo tempo a Pedreira administrou o placar. O Veteranos até criou as melhores chances, mas não conseguiu marcar e o placar não foi mais alterado e o 4 a 1 persistiu até o apito final.
 
Após o jogo, o técnico Mi, da Pedreira, disse que o gol no início da partida deu tranquilidade ao time. Mi disse também que, mesmo com a classificação, sua equipe manterá o foco para buscar a primeira colocação e o foco é total no próximo jogo, contra o Bom Churrasco.
 
Pelo lado da Vila, Chicão, lamentou ter tomado o gol tão cedo, mas o treinador garantiu que o time seguirá firme na busca pelo G4.
 
No estádio do Colina Atlético o Amigos do Xibil entrou em campo para defender a vice-liderança contra o Estrelas, mas foi surpreendido logo aos sete minutos, quando Marighella abriu o placar para o adversário.
 
O Estrelas, que até então tinha apenas uma vitória na competição, segurou o placar até o fim do primeiro tempo e nos dezoito minutos iniciais da etapa final ampliou o placar. Aos 12 Robertão fez 2 a 0 e Willian fez o terceiro.
 
Parecia que, enfim, a torcida do Estrelas teria um jogo tranquilo, relembrando outros anos quando o time ganhava jogos e mostrava sua força... Ledo engano.
 
Não se dando por vencido, o Amigos do Xibil tratou de esquentar o jogo. Aos 24 Helinho fez o primeiro e três minutos mais tarde Marrom diminuiu para 3 a 2.
 
O Amigos foi em busca do empate, mas o Estrelas conseguiu se segurar e manteve o 3 a 2. Segunda vitória do time no campeonato e a subida para a vice-liderança.
 
Na partida de encerramento da rodada no Colina Atlético, o Bom Churrasco entrou em campo pressionado para sair da lanterna.
 
Com vinte minutos de bola rolando, Brito fez 1 a 0 para o Carvão e esse placar se estendeu até os 28 do segundo tempo, quando Argevando tratou de trazer emoção para o jogo.
 
Foi quando ele empatou para o Unifera. Mas quatro minutos depois a bola bateu na mão dele dentro da área e o juiz entendeu o lance como pênalti.
 
Na cobrança o artilheiro Ique bateu para fazer 2 a 1 e pôr números finais no jogo.
 
Com os resultados deste domingo a Pedreira continuou na liderança com sete pontos. O Estrelas assumiu a vice-liderança com quatro pontos, alcançando a sua melhor colocação na competição.
 
O Amigos do Xibil caiu para o terceiro, também com quatro pontos, mas perde para o Estrelas no confronto direto. O Bom Churrasco volta ao G4, com três pontos. Unifera em quinto com 2 pontos e Veteranos da Vila Guarnieri, com um, fecham a classificação.
 
A Pedreira está matematicamente classificada para as semifinais. Pois com o confronto direto entre Unifera e Veteranos da Vila Guarnieri na última rodada, apenas um  deles poderia ultrapassar a alvirrubra na classificação.
 
A próxima rodada é no domingo que vem, com as seguintes partidas:
 
Colina Atlético: 8h – Estrelas x Unifera; 10h – Bom Churrasco x Pedreira
 
Patrimônio: 8h – Veteranos da Vila Guarnieri x Amigos do Xibil.
Primeira12345Última

EDIÇÕES ANTERIORES

O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxOpera