NOTÍCIAS

Prefeitura declara ponto facultativo no carnaval

O prefeito Dieb Taha assinou o decreto 4.215 de 10/02/2020 que declarou ponto facultativo em Colina no dia 24 de fevereiro, dia de Carnaval. No mesmo decreto fica estabelecido que as repartições públicas voltam a abrir no dia 26, quarta-feira de cinzas, ao meio-dia.
 
Segundo o texto assinado por Dieb, ficam excetuados dessa situação os serviços de limpeza, coleta de lixo, serviços de saúde no Pronto Atendimento Municipal e o plantão d SAAEC.

Colina realiza o 1º Festival de Bandas Rock Ativo

A Prefeitura Municipal de Colina, por meio das Secretarias Municipais de Esportes, Turismo e Lazer e Educação e Cultura, e em parceria com a Rádio 89, tradicional Rádio do gênero Rock, localizada na cidade de São Paulo, promove no dia 21 de março, o 1º Festival Rock Ativo Colina – Concurso de Bandas do interior paulista.
 
As bandas interessadas em participar devem se inscrever no site oficial do município: www.colina.sp.gov.br . Acessando o link, as bandas terão à disposição o regulamento do festival e também a ficha de inscrição. As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de fevereiro.
 
De acordo com o regulamento, numa 1ª etapa, será realizada uma pré-seleção e as 10 bandas selecionadas pela comissão organizadora se apresentarão no festival, no dia 21 de março, na Concha Acústica do Recinto Municipal “9 de Julho”.
 
As músicas inscritas deverão ser autorais, originais, não sendo aceitos plágios de composições já existentes. O material de áudio deverá ser encaminhado para o site: rockativocolina@gmail.com
 
A banda vencedora receberá como prêmio uma produção completa da Rádio 89fm – Música gravada e vinculada na programação da rádio, além de entrevista com a banda para divulgação do trabalho.
 
O Secretário de Esportes, Turismo e Lazer, Marcelo Pinto Neto –Barba, destacou que o evento visa estimular as bandas locais e regionais, oportunizando a apresentação de seus trabalhos, e ao mesmo tempo, revelar talentos, valorizar os artistas e oferecer entretenimento à população.
 
O evento tem também o apoio do #Bloco Almada, Rádio 105 Colinense e Montanha Stúdio.

Os “Mulek” é liso: Os Muleks da Dirce batem o Primavera e conquista o Amador

Habemus campeão! Os Muleks da Dirce confirmou o seu favoritismo para conquistar o título do Amador 2019. De forma incontestável a Molecada derrotou um valente Primavera e fez algo que nenhum time tinha feito desde 2008: Conquistar um bicampeonato.
 
Campeão em 2016, Os Muleks é o primeiro time desde o Bom Churrasco em 2008 a ser campeão mais de uma vez. Vale lembrar que o Bom Churrasco conquistou o bi em 2007-2008 e dominaria o futebol colinense ganhando todos os campeonatos até 2014.
 
Mas a história da final poderia ter tomado rumos diferentes se o Primavera tivesse aproveitado sua primeira grande chance na partida. Aos 4 minutos Sauvinha saiu na cara do goleiro Alemão, mas chutou forte e a bola acabou subindo demais.
 
A chuva que caiu em Colina durante todo o primeiro tempo acabou atrapalhando o rendimento das equipes, fazendo-as sentirem o campo pesado e pouco se criou.
 
Mas se a chuva atrapalhava as ações dentro do campo, nas arquibancadas ela não tinha nenhum efeito. As duas torcidas lotaram as arquibancadas e faziam uma batalha de quem fazia mais barulho.
 
Aliás o gramado molhado não foi motivo para os times arriscarem chutes de longe. Quem tentou foi Diego Baiano, mas a bola não foi perigosa e Rafael defendeu sem maiores problemas.
 
E quando o jogo está travado, ter atletas que podem fazer a diferença pode ser decisivo entre ser campeão ou não. E o Os Muleks da Dirce tem esses jogadores e dois deles tramaram a jogada que abriu o placar.
 
Romarinho fez toda jogada pela esquerda do campo ataque e deu para Kauã, ajeitar e finalizar. Um a zero Molecada e Kuã empatado com Lipão na artilharia com 12 gols.
 
O primeiro tempo acabou 1 a 0 e com ele a chuva foi embora.
 
Na segunda etapa o Primavera voltou precisando tomar as rédeas da partida, mas pouco fez para assustar Tel, que entrou no lugar de Alemão.
 
Os Muleks da Dirce criaram as grandes chances de gol no segundo tempo com Kauã, Cauê, Nenê e Flavinho. As chances do Tricolor da Aurora pararam em Tel, ou fora.
 
O técnico Fernando Donini realizou várias mexidas para tentar mudar o jogo. Até Tomate, que já havia marcado gols em momentos decisivos foi para o jogo, mas as coisas não mudaram.
 
E na pressão o segundo gol saiu. Nenê foi pra cima de Cosme, roubou a bola, tocou para Kauã, que bateu para fazer dois a zero, se tornar o artilheiro do Amador e garantir a taça.
 
Nas arquibancadas o grito de “vamo, vamo, Dirce, vamo, vamo, Dirce”, já ecoava na voz da torcida, no banco os reservas se seguravam para não soltar o grito de “é campeão”, antes da hora.
 
Valente o Primavera lutava, mas já sabia que nada mais poderia ser feito. O apito do árbitro sacramentou o fim do campeonato e o título, merecido d’Os Muleks da Dirce.
 
A animada torcida do Primavera reconheceu o esforço do time e aplaudiu de pé.
 
Do outro lado a festa era enorme, dos campeões com seus torcedores e torcedoras.
 
Técnico do Primavera, Fernando, falou da campanha do time no campeonato e disse que o título foi perdido nos detalhes.
 
Jogador mais experiente do vice-campeão, Amerelinho, também comentou sobre a decisão e a campanha do time. “Faltou a última para a gente, foi um jogão, mas a vitória não veio”.
 
Campeão em 2018 contra o Paz, em cima d’Os Muleks da Dirce, em 2019 ele mudou de lado e foi campeão novamente. Tel também já havia sido campeão no Veterano esse ano.
 
Herói da final, artilheiro e melhor jogador do campeonato, Kauã falou da emoção de marcar os dois gols do título.
 
Lucão, em seu segundo ano nos Muleks, e um dos principais nomes do elenco, também falou sobre o título.
 
E o técnico Anaelson, campeão de novo, falou de como o time chegou ao título.
 
PREMIAÇÕES
 
Os Muleks da Dirce dominaram quase todos os quesitos do campeonato. Além do título o time teve o melhor ataque (56 gols), melhor defesa (9 gols), artilheiro Kauã (13 gols), melhor jogador da final (Romarinho) melhor jogador do campeonato (Kauã).
 
A única premiação que o time não levou foi o prêmio de equipe mais disciplinada, entregue ao Internazionale.
 
A campanha do campeão termina com 15 jogos, sendo 13 vitórias, um empate e uma derrota. Cinquenta e quatro gols marcados e apenas nove sofridos.
 
O time conquistou o bicampeonato como Os Muleks da Dirce, mas a diretoria também considera o título da Casa da Dirce, em 2006.

Primavera leva susto, Os Muleks tem gol gol polêmico e equilíbrio na Nova Colina: Como foram as quartas do Amador

Estão definidos os confrontos das semifinais do Campeonato Amador 2019 e sem zebras. Dos considerados favoritos, todos conseguiram superar seus adversários nas quartas e garantirem a classificação.
 
No Colina Atlético o Primavera foi o primeiro time a se classificar, mas começou o duelo contra o Fazenda Cava tomando um susto. Com apenas quatro minutos de jogos, Pierre, acertou um bonito chute, encobriu o goleiro e fez 1 a 0.
 
O Primavera se assustou com o gol e demorou um pouco para se reencontrar na partida, mas precisou de oito minutos para tomar a dianteira do placar.
 
Aos 16 Guilherme empatou, Sauvinha, um minuto depois fez 2 a 1. Esse segundo gol gerou muita reclamação do time do Fazenda Cava, que pediu uma falta no início da jogada, mas o árbitro nada marcou e validou gol. Aos 23 Custódio ampliou para 3 a 1.
 
Mas o Cava não se abalou e até jogava melhor, mas pecava na hora da definição. Perdeu ao menos duas grandes chances de gol antes de fazer o segundo, com Gui, aos 35.
 
Na segunda etapa o Cava seguia melhor no jogo e o Primavera seguira se defendendo. Na segunda etapa não saíram mais gols, mas teve confusão.
 
Joaquim, técnico do Cava, chegou a invadir o campo para tirar satisfação com o árbitro, após seu time ter um jogador expulso e teve que ser contido por seus jogadores. Ao fim do jogo, novamente, ele foi pra cima do juiz, e teve de ser segurado de novo.
 
Ao fim da partida, o técnico Fernando Donini, comemorou a classificação do time, mas reconheceu que o adversário foi melhor.
 
No segundo jogo do Colina Atlético, Os Muleks da Dirce não tiveram muita dificuldade para passar pelo Veteranos da Vila Guarnieri. A Molecada abriu o placar logo aos sete minutos, com Nenê, que se aproveitando de uma bobeira da defesa, acerta um chute de primeira e fez 1 a 0.
 
A partir daí, Os Muleks passaram a controlar o jogo e só voltou a marcar aos 10 da etapa final, com Kauã e esse gol gerou uma confusão enorme.
 
O gol sai de um escanteio, Kauã desvia e o goleiro Balotelli espalma, Os Muleks marca no rebote, mas o gol anulado, porém, o bandeira Fábio Marques já tinha corrido para o meio campo, dando o gol no primeiro lance, entendo que a bola já tinha entrado na defesa de Balotelli.
 
Os jogadores d’Os Muleks foram para cima do árbitro Ricardo Alexandre Noya, que acabou expulsando Romarinho. Porém, o juiz decidiu falar com o bandeira e no fim, deu o gol.
 
Revoltados os jogadores da Vila Guarnieri ameaçaram abandonar o jogo. Depois de muita confusão, a partida foi retomada e Os Muleks marcaram mais um gol, com Flavinho e garantiu a classificação.
 
O técnico Anaelson projetou como deve ser as semifinais para o seu time.
 
Na Nova Colina D3 e Ninho do Azulão conquistaram suas vagas para a semifinal. O D3 se classifico ao derrotar o Internazionale por 1 a 0, com gol de Nenê.
 
O Ninho do Azulão teve que soar a camisa para passar pelo Amigos do Xibil. O time comandado por André Michilini saiu na frente, tomou a virada, com gols de Neto e Pedro, mas no fina Zinha, de voleio, empatou. Por ter a melhor campanha, o Ninho se classificou com o empate.
 
As semifinais acontecem nos próximos dois domingos, dias 17 e 24, sendo disputada em dois jogos, sem vantagem. Em caso de dois resultados iguais, o finalista será definidos nos pênaltis.
 
Os jogos, ambos disputados no Colina Atlético, serão esses:
 
Ida, dia 17: 8h – D3 x Os Mulekes da Dirce; 10h – Ninho do Azulão x Primavera
 
Volta, dia 24: 8h – Primavera x Ninho do Azulão; 10h – Os Muleks da Dirce x D3

Patrimônio é eliminado do Amador após agressão de Balotelli; Veteranos da Vila Guarnieri está nas quartas

A Secretaria Municipal de Esportes, Turismo e Lazer confirmou no início da tarde desta terça-feira a eliminação do Patrimônio do Campeonato Amador. A organização do torneio enquadrou o time no Artigo 32 do Regulamento, que prega a eliminação a equipe de um jogador que pratica ato de agressão+
 
O jogador Alan Balotelli agrediu o jogador do Primavera, Marcinho, na derrota do Patrimônio por 3 a 1, no domingo passado. Balotelli está suspenso por três anos de qualquer evento organizado pela Secretaria.
 
Com a eliminação do Patrimônio o Veteranos da Vila Guarnieri entra no G8 e jogará as quartas de final.
 
A classificação final atualizada ficou assim: 1º – Os Muleks da Dirce (28 ptos), 2º – Primavera (26 ptos), 3º – Ninho do Azulão (21 ptos), 4º – D3 (17 ptos), 5º – Internazionale (16 ptos), 6º – Amigos do Xibil (15 ptos), 7º – Fazenda Cava (14 ptos), 8º – Veteranos da Vila Guarnieri (8 ptos), 9º – Laranja Mecânica (8 ptos), 10º – Os Piratas (1 pto).
 
Os confrontos da quara de final também mudaram e ficaram assim:
 
Colina: 8h – Primavera x Fazenda Cava; 10h – Os Muleks da Dirce x Veteranos da Vila Guarnieri.
 
Nova Colina: 8h – D3 x Internazionale. 10h – Ninho do Azulão x Amigos do Xibil.
 
Por terem a melhor campanha Os Muleks da Dirce, Primavera, Ninho do Azulão e D3 jogam pelo empate.
 
O vencedor de Primavera x Fazenda Cava enfrenta quem passar de Ninho do Azulão x Amigos do Xibil e quem se classificar de Os Muleks da Dirce x Veteranos da Vila Guarnieri pega o classificado de D3 x Internazionale.

Acidente de carro acaba em confusão e agressão no CDHU II

Um homem de 40 trafegava pela Rua Três no CDHU II e ao virar a esquina da rua de sua casa acabou batendo em um outro veículo que estava estacionado. Ele desceu de seu carro e ao conversar com o dono do outro veículo se comprometeu a pagar todo o prejuízo, mas eles acabaram discutindo mais, foi quando o autor foi até sua casa, buscou um facão e agrediu o homem.
 
A esposa da vitima disse aos policiais que estava em sua casa, quando ouviu o barulho da batida e ao sair para ber o que tinha acontecido viu seu marido discutindo com outro homem, que lhe agrediu com um facão.
 
Outras pessoas tentaram agredir o tal homem, mas ela disse que ele entrou em sua casa e ficou por lá até a chegada da polícia.
 
O homem agredido levou 13 pontos no cotovelo, devido à gravidade do ferimento.
Primeira12345Última

EDIÇÕES ANTERIORES

O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxOpera