NOTÍCIAS

Fugitivo de penitenciária é preso em Colina

Os PMs, Alcebíades e Evangelista, apresentaram no Plantão Policial de Barretos o indiciado M.J.S.B., 29 anos, morador na Vila Guarnieri, em Colina, bem como o J.R.S., o qual foi apresentado na condição de testemunha.
 
Informaram os policiais que eles realizavam a Operação São Paulo mais seguro, fiscalizando veículos e condutores, na Avenida Coronel Junqueira Franco, ocasião em que visualizaram uma motocicleta Honda FAN, conduzida pelo J.R.S., que trazia na garupa o indiciado M.J.B.S., e eles, ao perceberem a presença dos policiais, apresentaram comportamento suspeito, sendo os dois já conhecidos nos meios policiais pelo envolvimento com o tráfico de drogas, razão pela qual acabaram sendo abordados.
 
Em revista junto ao veículo e sua documentação, nada de irregular foi encontrado e quando revistados, nada de ilícito foi encontrado com o condutor da moto, porém, com o indiciado M.J.B.S., os policiais localizaram algumas porções de maconha e a quantia de R$131.45 em moedas, e em pesquisa ficou constatado que o mesmo se encontrava na condição de “Procurado” pela Justiça, tendo se evadido do CPP de Jardinópolis, interior de São Paulo, no dia 21/05/2018.
 
Indagado sobre os fatos o indiciado afirmou que viu seu amigo J.R.S., passar e por ele ser vendedor de roupas resolveu ir com ele fazer a compra de seus produtos, afirmando que a maconha era par auso pessoal e quanto ao dinheiro ele não soube informar a procedência.
 
Já o J.R.S. afirmou que o dinheiro que ele trazia em sua posse, R$49.00, era fruto de seu trabalho, e que estava em sua moto fazendo cobranças, pois trabalha com venda de roupas e na ocasião estava trazendo o indiciado com ele porque o mesmo tinha a intenção de comprar seus produtos.
 
Ao tomar conhecimento dos fatos o delegado, Dr. Cesar Aparecido Martins determinou a apreensão das porções de maconha e a prisão do indiciado, que foi recolhido em uma cela da cadeia da cidade de Colina, permanecendo à disposição da Justiça.

Amigos do Xibil volta a ganhar e se classifica; Veteranos da Vila Guarnieri pode perder pontos

O Amigos do Xibil venceu o Veteranos da Vila Guarnieri por 1 a 0 em partida realizada no campo do Patrimônio. Buiu fez o único gol do jogo. Este resultado garante o Xibil na semifinal do primeiro turno.
 
Mas um fato ocorrido após o intervalo. Dois jogadores reservas do Veteranos da Vila Guarnieri, que estavam uniformizados e inscritos na súmula, foram embora sem jogarem.
 
Isso fere o artigo 20 do regulamento da competição, o qual disse que todos os jogadores aptos para a partida devem jogar pelo menos 10 minutos, com a exceção do goleiro.
 
Caso isso não seja cumprido, o time infrator deverá perder três pontos independente do resultado do jogo.
 
O time até jogou dez minutos para tentar compensar, mas o regulamento não prevê isso.
 
A Secretaria Municipal de Esportes, Turismo e Lazer, irá analisar a situação e decidir o que será feito, mas a tendência é que o Veteranos perca os pontos da partida.
 
A classificação após quatro rodadas está assim: 1o – Bom Churrasco (10 ptos), 2o – Amigos do Xibil (9 ptos); 3o – Pedreira (8 ptos); 4o – Veteranos da Vila Guarnieri (3 ptos); 5o – Estrelas (3 ptos); 6o – Unifera (1 pto).
 
O Veteranos da Vila Guarnieri leva vantagem contra o Estrelas no confronto direto.

Uniforme novo, vida nova: Estrelas vence a primeira e segue vivo na briga pelo G4

Era um jogo de vida ou morte para Estrelas e Unifera, onde a vitória era o único resultado interessante para ambos.
 
O time treinado por Amarildo havia perdido todos os jogos que fizera até aqui e uma crise enorme pesava no elenco.
 
Para esse jogo o Estrelas foi a campo de roupa nova, estreando seu novo uniforme, inspirado no do CSA. E isso causou uma situação curiosa. O jogador do Estrelas, Rogério, é daltônico e teve dificuldades para reconhecer seus companheiros.
 
Isso porque o uniforme do Unifera, inspirado no do Fluminense, se mistura com as listras do rival e confundiu a visão do jogador.
 
Superado isso o Estrelas dominou grande parte da primeira metade do jogo e fez o goleiro Tiago trabalhar algumas vezes. O Unifera buscava fazer seu jogo, mas tinha dificuldades.
 
O primeiro gol da partida veio aos 37 minutos com Sagui. O camisa 9 bateu falta com rara felicidade e acertou a bola na gaveta, bem na bochecha da rede.
 
Na segunda etapa o Estrelas foi superior e manteve o controle da partida. O Unifera teve chances de empatar, mas desperdiçou. Na melhor chance, Romero acertou a trave após encobrir o goleiro e na sequencia Deley chutou o rebote pra fora.
 
Aos 40 minutos Bellotinho fez o segundo e praticamente sacramentou o resultado. Romero, de pênalti, chegou a diminuir mas não havia mais tempo para o empate.
 
Sagui falou sobre seu gol após o jogo.
 
O técnico Amarildo disse que a primeira vitória traz alivio.
 
Paçoca lamentou mais uma derrota do Unifera, que segue sem vencer.

Colina não tem VAR: Em jogo de três pênaltis e duas expulsões Bom Churrasco e Pedreira empatam no Veterano

Bom Churrasco e Pedreira fizeram a partida mais esperada da fase de classificação do primeiro turno do Veterano e, para o bom público presente no Colina Atlético, atingiram as expectativas.
 
Os dois times entraram em campo lutando pela liderança da competição e fizeram um bom primeiro tempo. O Bom Churrasco começou pressionando e em menos de 10 minutos já havia desperdiçado duas grandes oportunidades de gol, com Ique, em lances que o camisa 9 não costuma falhar.
 
A Pedreira tentava responder, mas quase não levou problemas para o goleiro Tel. A partida foi bem corrida nos primeiros quarenta minutos.
 
O primeiro tempo teve um momento de tensão. Em lance fora da bola, Zé Edu, do Bom Churrasco, caiu ao chão e reclamou de ter sido agredido pelo adversário Biro. O juiz controlou a situação e amarelou os dois.
 
O segundo tempo já começou com tudo e em menos de um minuto a Pedreira tomou o controle do jogo. Zé Edu cometeu pênalti em Tiriu, tomou o segundo amarelo e foi expulso.
 
Léo, que entrou no intervalo, bateu e converteu, abrindo o placar.
 
Mas o Bom Churrasco conseguiu responder rapidamente, cinco minutos depois. Ique foi pra área e foi derrubado pelo goleiro Alemão. O próprio Ique bateu e empatou o jogo.
 
Porém a Pedreira aproveitou a vantagem numérica e seis minutos mais fez 2 a 1. o lance do gol foi bem confuso, Tel, que quase nunca falha, acabou saindo mal, a bola ficou pipocando na área e sobrou para Marquinhos empurrar para a rede.
 
Parecia que a alvirrubra dominaria o jogo de vez. Com um a mais o time comandado por Zé Paulo não conseguiu impôr seu jogo, pouco criou e não acuou o adversário.
 
O Bom Churrasco percebendo então que o problema era bem menor do que parecia ser foi em busca do empate, e se manteve vivo e criando oportunidades. E o empate veio aos 34 minutos em outra penalidade máxima.
 
O zagueiro da Pedreira acabou batendo a mão na bola dentro da área e Ique, de novo, bateu e deixou tudo igual.
 
Depois do gol, Negão foi expulso e os dois times ficaram em dez no campo.
 
O técnico da Pedreira, Zé Paulo, disse após o jogo que o empate foi frustrante pelas condições da partida.
 
Pelo Bom Churrasco, Anaelson, disse que o empate tem gostinho de vitória e elogiou mais uma boa atuação de Ique.
 
O resultado mantém o Bom Churrasco líder e a Pedreira cai para a terceira colocação.

Veterano: Bom Churrasco garante vaga na semifinal do turno; Estrelas perde de novo e aumenta a crise

 
Quando entrou em campo para encarar o Unifera na rodada de ontem do Campeonato Veterano 2019, o Bom Churrasco queria manter os 100% de aproveitamento… Conseguiu isso e ainda já garantiu matematicamente nas semifinais do primeiro turno.
 
Mas o jogo não foi fácil, pelo contrário, o Carvão teve dificuldades que não tinha encontrado em outros jogos, mas conseguiu superar.
 
A partida foi ruim, poucas chances de gol foram criadas e as que apareceram levaram pouco perigo aos goleiros.
 
A melhor chance da etapa inicial foi aproveitada por Marcinho, aos 38 minutos do primeiro tempo. Depois de receber a bola na entrada na área, ele dominou e bateu de canhota para fazer 1 a 0 para o Bom Churrasco.
 
Na segunda etapa o jogo não melhorou e continuou travado, é nessas horas que talento individual faz a diferença. Aos 25 da etapa final, Ique partiu pela esquerda e rolou para dentro da área e Brito, empurrou para as redes e fez 2 a 0.
 
O Unifera conseguiu diminuir de pênalti aos 30 minutos, mas a reação parou por ai.
 
O técnico do Bom Churrasco, Anaelson, analisou a partida e comemorou a vaga antecipada para as semifinais e disse que o objetivo agora é garantir a primeira posição para ter vantagem nas semifinais.
 
Paçoca, comandante do Unifera, reclamou da arbitragem. Para ele o juiz deixou de marcar um pênalti para o seu time e isso acabou definindo o placar.
 
O Amigos do Xibil venceu o Estrelas, se recuperou da derrota na rodada passada e ainda afundou ainda mais o adversário na crise.
 
E esse foi discutivelmente o melhor jogo do campeonato. Muito movimentado, com ambas as equipes buscando o gol e se defendendo, foi um verdadeiro toma lá da cá, em uma partida aberta desde o primeiro minuto e que foi definida nos detalhes.
 
Quem se deu melhor na etapa inicial foi o Amigos do Xibil que fez 1 a 0 com Parral, aos 29 minutos. Em cobrança de escanteio de Marrom, ele antecipou a zaga e nem precisou pular para desviar a bola para o fundo do gol.
 
No intervalo a cobrança no time do Estrelas foi grande, com uma pequena discussão entre jogadores, mas a cobrança surtiu efeito. O time voltou melhor na segunda etapa, conseguiu pressionar o adversário e criar grandes chances de gol mas falhou na hora de finalizar.
 
Até conseguiu empatar, com Kleber, que aproveitou bom cruzamento de Daniel Curi, mas depois perdeu grandes chances de virar.
 
E aquela velha máxima do futebol, o maior clichê de todos “quem não faz toma”, apareceu.
 
Em falha da zaga Marrom aproveitou e fez 2 a 1 para o Amigos do Xibil, aos 35 minutos, em cobrança de escanteio de Bim. E aos 43, Daniel fez mais um e botou números finais ao jogo 3 a 1.
 
Francis, que confirmou não ser mais o técnico do time, função agora de Amarildo, lamentou mais uma derrota e já projeta o segundo turno do Estrelas.
 
Birruga, técnico do Xibil, disse que time teve uma queda após fazer as mudanças que o regulamento obriga, mas soube superar isso para voltar a vencer.
 
Na partida da Vila Guarnieri, a Pedreira derrotou o Veteranos da Vila Guarnieri por 1 a 0. Negão fez o único gol do jogo.
 
A classificação do Veterano está assim: 1o – Bom Churrasco (9), 2o – Pedreira (7), 3o – Amigos do Xibil (6), 4o – Veteranos da Vila Guarnieri (3), 5o – Unifera (1), 6o – Estrelas (0).
 

Fundo Social de Colina inicia turmas 2019 dos Projetos “Padaria Artesanal” e “Escola de Moda”

A Prefeitura Municipal de Colina, por meio do Fundo Social de Solidariedade, deu início às primeiras turmas de 2019 dos Projetos “Padaria Artesanal” e “Escola de Moda: Corte, Costura e Modelagem”, nos últimos dias 11 e 12 de março.
 
Tanto o Projeto Padaria Artesanal quanto o curso Escola de Moda: Corte, Costura e Modelagem são gratuitos, proporcionam conhecimentos teóricos e práticos, e tem como objetivo a capacitação e a qualificação dos alunos para o mercado de trabalho e, assim, proporcionam a melhoria da renda familiar.
 
O curso Padaria Artesanal é ministrado na sede do Fundo Social de Solidariedade, situada na Rua Antonio Paulo de Miranda, ao lado da Prefeitura, e atende o total 50 participantes, divididos em duas turmas, todas as segundas e terças-feiras, das 16h30 às 18h30. As aulas são supervisionadas pelas Engenheiras de Alimentos, Beatriz Martins Abdalla dos Santos e Aline Piai Paro Gharibian, com informações sobre higienização, conservação de alimentos, controle de qualidade, entre outros temas.
 
O Projeto Escola de Moda: Corte, Costura e Modelagem é realizado no Centro de Educação Complementar “Antônio Hideo Ikuma” (Super-Center), localizado na Av. Ângelo Martins Tristão, n°. 42. As aulas, com a participação total de 41 alunos, estão divididas em duas turmas, sendo uma turma às segundas e quartas-feiras e a outra, às terças e quintas-feiras, das 18h às 21h. O curso proporciona conhecimento em máquinas de costura reta e overloque, com mesa de apoio para o corte.
 
A Presidente do Fundo, Profª. Liliana Taha frisou a importância dos cursos Escola de Moda e Padaria Artesanal. “Ao oferecermos as capacitações, além de desenvolvermos a promoção social, por meio da geração de renda; procuramos despertar nos participantes o interesse pela busca de uma nova profissão e prepará-los melhor para o ingresso no mercado de trabalho, que está cada vez mais competitivo”.
 
O Prefeito Municipal de Colina, Dieb Taha, parabenizou a equipe do Fundo Social pelo trabalho realizado e destacou que a meta da Prefeitura é trabalhar incansavelmente na busca e conquista de novos cursos e projetos que possam contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos colinenses. “Sabemos que o mercado de trabalho é extremamente competitivo e a minha alegria é ver as pessoas que frequentaram os nossos cursos, nos agradecendo pela oportunidade, e se destacando, crescendo na qualificação profissional, instalando seu próprio negócio e complementando a renda familiar”.
Primeira12345Última

EDIÇÕES ANTERIORES

O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxOpera