NOTÍCIAS

Após pressão, Maranhão recua e fixará novas regras para hora extra

Após pressão da Mesa Diretora, o presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), recuou nesta terça-feira (28) da sua decisão de liberar horas extras nas sessões noturnas. Um novo ato com mudanças nas regras deverá ser publicado em breve.

No último dia 8, Maranhão havia revogado um ato da Mesa que limitava o número de servidores que podiam fazer hora extra e gerava economia de R$ 708 mil por sessão de votação. No entanto, a decisão tomada por ele sem consultar ninguém da Mesa Diretora, integrada por um grupo de parlamentares que dirige a parte administrativa da Câmara, gerou repercussão negativa.

Na prática, o ato assinado por Maranhão permitia que os próprios gabinetes e departamentos decidissem a quantidade de servidores que poderiam atuar nas votações. Diante das críticas, ele admitiu que iria submeter o tema à consulta da Mesa.

Juiz condena Metrô a pagar R$ 50 mil de indenização por assédio em vagão

A Justiça de São Paulo condenou o Metrô a pagar R$ 50 mil de indenização por danos morais a uma mulher vítima de abuso sexual dentro de um vagão da companhia, perto da estação São Bento da Linha 1- Azul, em 10 de setembro de 2015. A decisão, proferida no último dia 23, partiu do juiz Guilherme Madeira Dezem, da 44ª Vara cível da Capital. O Metrô informou que ainda não foi oficialmente comunicado sobre a decisão da Justiça e que irá recorrer assim que for notificado.

No último dia 16, em um outro caso, uma juíza negou indenização para uma passageira vítima de abuso também dentro do vagão do Metrô. Nos dois casos, seguranças do Metrô agiram para deter os agressores, encaminhados à polícia, e o Metrô alegou na ação que não poderia responder pela ação dos abusadores.

Na ação em que o Metrô foi condenado a pagar indenização de R$ 50 mil, a passageira diz que se deslocava até a estação próxima de seu local de trabalho quando sentiu o ofensor se esfregando em suas costas. Em seguida, percebeu suas pernas molhadas, momento em que olhou para trás e viu que o sujeito abrira a própria calça e estava com a genitália ereta e exposta.

O Metrô contestou o pedido de indenização alegando que sua responsabilidade deve ser afastada, uma vez que o abuso partiu do agressor. Também afirmou que seus funcionários intervieram rápida e eficazmente, de forma que o sujeito responde a processo no Juizado Especial Criminal pela contravenção de importunação indevida ao pudor.

O juiz, no entanto, entendeu que o Metrô, ao assumir a obrigação de transportar a passageira, deveria assegurar a incolumidade dela e dos demais passageiros. O magistrado ressaltou que a passageira encontrava-se dentro das dependências do Metrô, no âmbito da prestação do serviço de transporte coletivo de pessoas, e tinha o direito de chegar incólume ao seu destino.

Explosões no aeroporto de Istambul deixam 28 mortos

Vinte e oito pessoas morreram após três explosões na noite de terça (28) no terminal internacional do aeroporto de Istambul, o maior da Turquia e terceiro maior da Europa. O número de mortes foi anunciado pelo governador de Istambul, Vasip Sahin.

O que sabemos até aqui:

- Três explosões atingiram o terminal internacional antes da área do raio X - São 28 mortos e 60 feridos, segundo o governo da Turquia - Antes de se explodirem, 3 homens abriram fogo com rifles - Nenhum grupo reivindicou o ataque até o momento, mas há suspeitas de uma ação do Estado Islâmico.

O ministro da Justiça turco, Bekir Bozdağ, disse que os responsáveis pelo ataque ao aeroporto Ataturk abriram fogo usando rifles Kalashnikov. De acordo com a agência estatal turca Anadolu, há 60 feridos, seis deles seriamente.

O ataque aconteceu por volta das 22h (16h em Brasília).

Nenhum grupo reivindicou o ataque até o momento. Informações iniciais "sugerem" que o Estado Islâmico estaria por trás dos ataques, segundo a agência turca Dogan, que atribui a informação a fontes policiais.

Logo após o ataque, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan convocou uma reunião de emergência com o primeiro-ministro Binali Yıldırım e comandantes militares. À emissora NTV, ele disse que o ataque claramente tem como objetivo atingir a Turquia usando o sangue de pessoas inocentes. Erdogan afirmou ainda esperar que “o mundo demonstre uma posição decisiva contra os grupos terroristas”.

Segundo a CNN turca, taxistas que trabalham no aeroporto ajudaram a transportar pessoas feridas até hospitais. Foram enviadas 49 ambulâncias ao local.

À agência Reuters, um oficial turco não identificado disse que três homens-bomba causaram as explosões. Eles teriam detonado os explosivos antes de passar pelo raio X do controle de segurança do aeroporto. Ainda segundo a agência, policiais também atiraram para tentar neutralizar suspeitos.

O aeroporto foi fechado e a entrada e saída de pessoas foi interrompida. Alguns voos que deveriam pousar no local foram desviados, mas os que já estavam chegando foram autorizados a pousar. Os voos que deveriam decolar de Ataturk foram cancelados, com seus passageiros sendo encaminhados a hotéis. A previsão é de que o aeroporto seja aberto às 8h da quarta (2h em Brasília).

Na segunda-feira (27), o Departamento de Estado dos EUA havia atualizado seu alerta de segurança e informado a cidadãos americanos que eles deveriam evitar viajar para o sudeste da Turquia, onde foram registrados nos últimos dias diversos episódios violentos no conflito com militantes curdos. O ataque desta terça, no entanto, aconteceu no norte do país.

O Ministério das Relações Exteriores informou que ainda não há registro de brasileiros entre as vítimas. Segundo a assessoria de imprensa do Itamaraty, um consulado brasileiro na cidade já está mobilizado para atender a comunidade brasileira.

Câmara entregou títulos de cidadãos colinenses

Em sessão solene na noite segunda-feira realizada na câmara municipal de Colina, o empresário Renato Peghim, o delegado Edson Guilheme o deputado estadual Aldo Demarchi receberam o título de Cidadão Colinense. 

Sebrae Móvel prestará atendimento em Colina

O Sebrae Móvel estará em Colina hoje e amanhã, das 9h30 às 16h, na avenida Dr. Manoel Palomino Fernandes, 427, no Centro. A presença da unidade na cidade é uma oportunidade para os donos de micro e pequenas empresas, e também para as pessoas que sonham em abrir o próprio negócio tirarem dúvidas a partir do atendimento gratuito de analistas e consultores da entidade.

A pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) mostra que a crise refletiu no aumento do empreendedorismo por necessidade: a proporção aumentou de 29% em 2014 para 44% em 2015, enquanto os empreendedores por oportunidade caíram de 71% para 56% no mesmo período. “Estamos registrando um aumento do empreendedorismo por necessidade e o risco é justamente tomar decisões precipitadas em sem planejamento. O Sebrae Móvel estará na cidade justamente para ajudar a orientar os empreendedores”, afirma o analista do Sebrae-SP, Guilherme Pelegrini Brianez.

Durval & David e Matão & Mathias abrem shows da Festa do Cavalo

Começou! Na noite de ontem teve inicio a 39ª Edição da Festa do Cavalo de Colina, que tem programação prevista até o dia 10, domingo. Com ampla praça de alimentação, com doces, salgados, bebidas em geral, e seguranças, a estrutura é ideal para receber o público nas dependências do Recinto Municipal.
As festividades começaram no Palco da 105 FM, onde Durval & David reviveram grandes clássicos da música sertaneja de raiz. Na sequencia, no palco principal, foi a vez de mais dois nomes de peso fazerem o show, Matão e Mathias.

EDIÇÕES ANTERIORES

O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxOpera